• Conto
  • Linha 13

    Victor R. Maciel, 37 anos, motorista de ônibus. Encoste nele não, menina, sai daí, tem perigo de explodir tudo! Traduziu o berro da velhota em meio ao que soava como um culto falado em línguas. A trilha sonora nublada foi ganhando sentido à medida que a consciência ia se libertando das ferragens. Descascou o sangue […]

  • Conto
  • Rastros

    Devagar desceu a ladeira, com os cabelos do banho molhados, recendendo ainda o perfume que escorria de tantas ondas e em ondas roçava as espáduas, se derramava até a dança das ancas e respingava pelas pedras da rua, deixando de si um rastro úmido. Os olhares de todas as janelas e dos bancos à beira […]

  • Conto
  • Entre as Marquises do Óbvio

    marquises do obvio

    De mão em mão. O mocinho panfleta a alma, versejada, aos usuários do metrô. Acha-se e se perde. Há chegada na recepção dos destinatários e partida, no amassar e lançamentos das sangradas palavras: ao chão ou no mais profundo de algum bolso desocupado. Cada face nula valida o instinto do jovem “poetinha” como é (insuportavelmente) […]

  • Conto
  • Jump

    jump

    O ar úmido e fresco da manhã parecia limpar os pulmões da fuligem de outrora. Vista do alto do penhasco, a mata perdia-se no horizonte, entrecortada apenas por um rio amarronzado à direita. As partes de cima e de baixo das folhas tinham tonalidades diferentes de verde. Quando o vento batia, movendo os galhos e […]

  • Conto
  • Tempo

    tempo

    Meu pai ainda sabia como manusear um jornal. De manhã, o café fumegando, colocava os óculos de aro fino e escondia o rosto por trás daquelas grandes folhas cinzentas. Primeiro lia as manchetes, aproximando as mãos para mudar de página, depois retirava o caderno com a matéria que escolhera, segurando a folha com uma só […]