• Conto
  • Um Pôca-Vergonha

    pouca vergonha

    A Inspetora Terezona chega à escola todos os dias às seis e quarenta. Bate o cartão-ponto, veste o guarda-pó cor de rosa, que parece encolher a cada semana. Polaca viçosa, gorda, despachada, é um “pé-de-chumbo” no trabalho diário de caça às ilegalidades de alunos e professores. Nas cinzentas e frias manhãs de Curitiba o grupo […]