• Dica da EMA
  • Bacurau

    A terceira obra de Kléber Mendonça Filho, dirigida em conjunto com Juliano Dornelles, é mais um sucesso em uma das carreiras mais estratosféricas do cinema brasileiro. A obra representa uma quebra com seus dois filmes anteriores, deslocando-se de um ambiente urbano para o rural e exacerbando a dinâmica vilão/mocinho que já era sugerida em Aquarius. […]

  • Dica da EMA
  • Um Conto Chinês

    O Cinema argentino nos trouxe diversas grandes obras que, pela proximidade geográfica e cultural, muitas vezes refletem – ou ao menos dialogam com – a realidade brasileira. Um exemplo de comédia nessa veia é Relatos Selvagens. Em contraste, Um Conto Chinês tem como plano de fundo algo particular da história de nossos vizinhos: a guerra […]

  • Dica da EMA
  • O Clube dos Cinco

    Os filmes de John Hughes são a quintessência da High-School americana, com seus valentões e patricinhas. Entre os anos de 1984 e 1987, Hughes escreveu, dirigiu, produziu ou atuou em cinco filmes com temática adolescente. Se hoje filmes desse tipo têm a profundidade de um pires, as obras de Hughes são delicadas e inteligentes. As […]

  • Dica da EMA
  • Toc Toc

    Vicente Villanueva é conhecido na Espanha por seus curtas, mas tem apenas três longas-metragens em quase vinte anos de carreira. Toc Toc, lançado em 2017, é sua obra mais recente. O filme é baseado em uma peça de teatro de mesmo nome, produzida na França, e é a primeira obra do diretor a fazer sucesso […]

  • Dica da EMA
  • Anomalisa

    Charlie Kaufman ficou famoso por seus roteiros fantásticos e metalinguísticos, capazes de abordar temas universais, como identidade e amor, através de um contexto metafísico. Seu estilo é tão característico que normalmente eclipsa o do diretor, o que provavelmente motivou Kaufman a começar a também dirigir os filmes que escreve. Anomalisa, uma animação em stop-motion, é […]

  • Dica da EMA
  • O Pescador de Ilusões

    Depois do fracasso comercial de As Aventuras do Barão Munchausen, Terry Gillian precisou mudar de estratégia. O resultado foi O Pescador de Ilusões, uma das obras mais despretensiosas de Gillian. O filme rendeu um Leão de Prata no Festival de Veneza e o Oscar de melhor atriz coadjuvante para Mercedes Ruehl. O enredo mistura elementos […]

  • Dica da EMA
  • Nós

    Há uma superstição em Hollywood de que, quando a primeira obra de um diretor é muito bem-sucedida, a segunda será um fracasso. “Nós”, segundo filme de Jordan Peele, passa longe, muito longe disso: “Nós” atingiu a segunda maior bilheteria de estreia da história do cinema americano, atrás apenas de Avatar, uma façanha para uma produção […]

  • Dica da EMA
  • O Grande Lebowski

    Embalado pelo sucesso de Fargo, havia grande expectativa para O Grande Lebowski, lançado em 1998. Para quem conhece as duas obras, é fácil imaginar a perplexidade da audiência no dia da estreia. Sendo ambas obras de crime/comédia, é difícil imaginar duas abordagens mais distintas. Apesar das diferenças, O Grande Lebowski desfruta hoje de um nível […]