• Poesia
  • sobre mistérios que me habitam

    mergulho na piscina funda feito represa, sou sereia de pernas humanas e nado borboleta rápida sem me preocupar com o ar ou a falta dele, sou duas e nado enquanto me vejo no aquário toboágua em piscinas verdes e azuis na tonalidade das praias de maragogi. do trampolim de toca atravesso a raia, cambalhota, a raia atravesso. água, águas, água-viva, água morna. […]