Os Esquimós (Descrição de Tolstói)

esquimos

Há no mundo um lugar onde o verão dura só três meses e o resto do tempo é inverno. No inverno, os dias são tão curtos que, mal o sol se levanta, logo se põe. E durante três meses, bem no meio do inverno, o sol nem aparece e fica escuro o tempo todo. Nessa terra vive um povo; chamam-se esquimós. Essas pessoas falam uma língua própria, não entendem as outras línguas e nunca se afastam de sua terra. Os esquimós não são altos, mas têm a cabeça muito grande. O corpo deles não é branco, mas pardo, os cabelos são pretos e duros. O nariz é fino, as maçãs do rosto são largas, os olhos, pequenos. Os esquimós vivem em casas de neve. Constroem as casa assim: moldam tijolos de neve e fazem a casa pondo os tijolos uns em cima dos outros, como quem faz uma estufa. Em vez de vidro, põem gelo nas paredes e, em vez de porta, fazem um tubo comprido por baixo da neve e , através desse tubo, entram rastejando em suas casas. Quando chega o inverno, as casas dos esquimós ficam todas cobertas de neve e lá dentro é quentinho. Os esquimós comem cervos, lobos, ursos brancos. Pegam peixes no mar com anzóis e varas e com redes. Matam os bichos com arco e flecha e com arpão. Como os animais, os esquimós comem carne crua. Eles não têm linho nem cânhamo para fazer camisas e cordas, não têm lã para fazer pano; fazem cordas com as veias dos animais e roupas com a pele dos animais.

Juntam duas peles com o pelo para fora, uma em cima da outra, furam com espinhas de peixe e costuram com as veias. Assim fazem camisas, calças e botas. Ferro, eles também não têm. Fazem lanças e flechas com ossos. O que mais gostam de comer é gordura de animais e peixes. As mulheres e os homens se vestem do mesmo jeito. Só que as mulheres calçam botas muito largas. Dentro dessas botas de cano largo, elas colocam os filhos pequenos e assim carregam os bebês.

No meio do inverno, os esquimós passam três meses no escuro. Mas no verão o sol nunca se põe e não existe noite.

L. Tolstói

Gostou? Deixe seu comentário!