• Segunda Crônica
  • O Beijo

    Os assentos do metro estão dispostos em nichos nos quais duas pessoas viajam de frente para outras duas. Eu, para evitar qualquer náusea, sempre escolho nesse quarteto quaisquer das duas poltronas no sentido pra onde vai o trem. À minha esquerda e mais à frente vejo, sentados no contrafluxo, um casal adolescente. São bonitos, parecem ter vinte e […]

  • Poesia
  • refluxo de sereia.

    tudo é um truque. um artifício revelado pelo tempo. não há mistérios, há camadas de tecido cobrindo tudo. posso desfazê-las? usar o livre-arbítrio das mãos e recomeçar essas costuras rasgando o pano? o que ainda permanece aqui, daquele antigo corpo, daquele antigo nome ofertado ao nascer, eu não abandono, eu abraço, como a lama abraça […]

  • Segunda Crônica
  • Roupa Úmida

    A lavanderia debaixo do prédio é uma salvação para os dias de chuva. Lençóis, fronhas e toalhas são teimosos demais para secar à sombra. E quando secam forçados pelo passar dos dias que desencharcam qualquer excesso, não cheiram à coisa alguma ou cheiram mal. Mas não lavamos as coisas apenas para que fiquem limpas e não cheirem […]

  • Segunda Crônica
  • Um Corpo ao Meio

    O homem e as duas meninas estavam lá, adiante na calçada. Não demorei para alcançá-los: eles passeio, eu retorno. Em escadinha, homem, menina de patins e menina quase bebê deixaram de ser imagem em câmera lenta. Antes do play, à distância, eu caminhava e pensava: quão boa a posição da menina do meio. Cambaleante com […]

  • Segunda Crônica
  • Hui Ying Confecções Ltda.

    Segunda Crônica por Andressa Barichello Existem muitas lojas de chineses espalhadas pela cidade. E elas vendem de tudo. Não há quase nada de que você possa precisar e que não possa ser encontrado lá. Roupas, materiais artísticos, utilidades domésticas, brinquedos, cosméticos, doces, materiais de informática, de escritório e de limpeza. Mas tudo isso não é […]