Ana na Antecâmarera

Poesia de Quinta com Daniele Cristyne

sonhei com Ana na antecâmara
caras e bocas no filme de celofane
fi-lo-so-fi-ca-men-te
[interrompi o sonho pra dizer bobagens em ouvido alheio]
mas tenho urgência de voltar pra Ana
marcas fundas no lábio entreaberto
pose que não dá prêmio
elegância demais pro meu bom gosto
bom bom
ela sorri
eu afogo

 

Daniele Cristyne é performer e poeta. Graduada em Artes Cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná e estudante de Letras na Universidade Federal do Paraná. Faz da escrita um modo de vivência investigativa através das sensações e relações do corpo e do mundo. Edita e participa de publicações independentes.

Gostou? Deixe seu comentário!